• Sobre o Psycholoco

    Quer saber mais sobre o blog? De onde vem, pra onde vai, quem somos nós, pra onde vamos, por quê vivemos, a resposta para a vida o universo e tudo mais, 42? Quer saber quem são os culpados por essa droga toda? Clique aqui e saiba mais.
  • Johnnie Troller

  • Owned 4ever

Ed Gein


A pedidos e com a colaboração da minha internet, estou retomando hoje, os posts semanais (ou não) sobre serial killers…

E o Serial Killer, cuja história contarei hoje é o famoso Ed Gein…

Sem mais delongas segue a História:

Ed-Gein-serial-killers-586901_1600_1200 Edward Gein mais conhecido como Ed Gein, nasceu em 1907 na cidade de Plainfield, Winsconsin EUA.Ed tem o perfil típico de um serial killer, foi espancado por sua mãe na infância que o ensinou que sexo era um pecado. Depois que seus pais e irmãos morreram, Ed continuou morando sozinho em sua casa, sendo assombrado pelo fantasma de sua mãe. Ele trancou o quarto dela e não o alterou.Depois de algum tempo, Ed começou a desenvolver um interesse doentio pela a anatomia feminina e logo dedicou-se a desenterrar corpos de mulheres para multilá-los e satisfazer suas fantasias relativas a necrofília e canibalismo. Guardava as cabeças e dissecava os orgãos, arrancava cuidadosamente a pele dos corpos e colocava sobre um manequim feminino. Às vezes, ele mesmo vestia a “roupa” feita de pele e dançava alegremente pela casa! Colocava orgãos genitais femininos em calcinhas nas quais vestia.Mais tarde, começou a matar mulheres da idade de sua mãe a pedido da própria, que já havia falecido. Ele ouvia e via sua mãe, que o incitava a matar. A primeira vítima foi Mary Hogan, dona do bar que ele frequentava, em dezembro de 1954. A segunda vítima foi Bernice Worden dona da loja de ferragens que ele costumava frequentar, em novembro de 1957. O corpo de Bernice foi encontrado despido e decapitado com um corte que ia da vagina até o pescoço, pendurado de cabeça para baixo num gancho de açogueiro e amarrado com cordas. Seus intestinos e orgãos foram encontrados dentro de uma caixa e seu coração estava em um prato na sala de jantar.Foram encontrados mais “artefatos” bizarros de Ed: “máscaras” da pele de dez cabeças humanas penduradas no quarto, as quais ele vestia; a pele do torso de uma mulher foi transformado em um tapete; um cinto feito de mamilos; uma cadeira e algumas lâmpadas forradas com pele humana; alguns crânios usados como pratos de sopa; uma mesa sustentada por ossos de canela humana. A geladeira estava repleta de órgãos humanos, em cima da cama havia pendurado uma cabeça humana. Os policiais também descobriram uma caixa de sapatos cheia de genitálias femininas conservadas em sal, inclusive a de sua mãe, que estava pintada de prateado.Ed confessou que gostava de se vestir com as roupas e máscaras confeccionadas de pele humana e fingir ser sua própria mãe. Havia mais quinze corpos espalhados por sua fazenda na noite em que foi preso. Ed disse que não se lembrava, ao todo, quantos assassinatos havia cometido.

PRISÃO:

serial-killer-8

A polícia suspeitou do envolvimento de Ed no desaparecimento de Bernice Worden, em 16 de Novembro de 1957. Entraram na propriedade de Ed à noite e descobriram o cadáver de Worden. Tinha sido decapitada, o seu corpo estava suspenso de pernas para o ar, os seus tornozelos estavam presos a uma viga. O seu tronco estava vazio, as suas costelas estavam separadas, tal como um veado. Estas mutilações ocorreram depois da sua morte, causada por vários tiros.

Depois de revistarem a sua casa, encontraram:

* Crânios humanos empilhados sobre um dos cantos da cama;
* Pele transformada num quebra-luz e usada para estofar assentos de cadeiras;
* Peitos usados como seguradores de copos;
* Crânios usados como tigelas de sopa;
* Um coração humano (o sítio onde se encontrava é alvo de discussões: alguns afirmam que estava numa panela no forno, outros que estava num saco de papel);
* Pele do rosto de Mary Hogan, proprietária da taberna local, encontrado numa bolsa de papel;
* Puxador de janela feito de lábios humanos;
* Cinto feito com mamilos humanos;
* Meias feitas de pele humana;
* Bainha de pele humana;
* Caixa com vulvas, que Ed confessou usar;
* Cabeças prontas para exposição ordenadas

Várias crianças da vizinhança, das quais Gein ocasionalmente tomava conta, tinham visto as cabeças que Ed descreveu como relíquias dos Mares do Sul, enviados por um primo que tinha servido na Segunda Guerra Mundial. A investigação policial concluiu que eram peles faciais humanas, cuidadosamente tiradas de cadáveres e usadas por Gein como máscaras.

Ed confessou ter desenterrado várias sepulturas de mulheres de meia idade, que se pareciam com a sua mãe. Ele levava-as para casa, onde ele bronzeava as peles, um ato descrito como insano ritual travesti. Ed negou ter tido relações sexuais com os cadáveres, porque, segundo ele, estes “cheiravam demasiado mal”.

Gein também admitiu que matou Mary Hogan, desaparecida desde 1954. Pouco depois da morte da sua mãe, Gein decidiu que queria uma mudança de sexo. Ele criou uma woman suit (roupa de mulher), que vestia para fingir ser mulher.

Art Schley, um dos policiais que interrogou Ed, o agrediu fisicamente, esmurrando a sua cabeça e empurrando o seu rosto contra um tijolo, o que tornou o primeiro depoimento de Gein inadmissível. Schley morreu com um ataque cardíaco um mês depois de testemunhar no julgamento de Ed. Os seus amigos afirmam que Schley estava traumatizado pelo horror dos crimes.

JULGAMENTO:

ed-gein

Durante o processo, foi alegada insanidade e ele passou por uma bateria de avaliações. Conclui-se dos seus problemas com o sexo oposto, amor e ódio, vindos de sua relação intensa com a mãe.
Foi considerado incapaz para o julgamento, e foi para hospital psiquiátrico para criminosos.
Segundo descrições, passava a maior parte do tempo sozinho, mas parecia feliz. Lia e realizava as terapias ocupacionais com desenvoltura. Às vezes, olhava fixamente para enfermeiras e outras mulheres, deixando-nas desconcertadas. Foi um dos poucos pacientes que passaram pelo hospital que nunca necessitou de uso emergencial de medicamentos calmantes.
A população de Plainfield estava revoltada, especialmente porque a cidade virou um pólo “turístico”, e estava repleta também de jornalistas. No ano seguinte, a casa de Eddie foi incendiada. Eddie, ao saber disso, disse apenas: “Tudo bem!”. (Just as well)

MORTE:

e_gein

Ed morreu a 26 de Julho de 1984, vítima de falha cardíaca e respiratória, devido a cancro, no hospital Mendota Mental Health Institute. A sua campa tem sido vandalizada ao longo dos anos, algumas pessoas retiravam pedaços da campa para recordação, até que ela foi completamente roubada em 2000. A campa foi recuperada em Junho de 2001 e dada a um museu em Wautoma, Wisconsin.

NO CINEMA:

Leatherface

Alguns dos mais famosos personagens assassinos do cinema tiveram alguma inspiração em Ed Gein, tais como:

* Leatherface (O Massacre da Serra Elétrica);
* Ed Gein ( O Serial Killer);
* Buffalo Bill ( O Silêncio dos Inocentes );
* Norman Bates (Psicose);
* Noite do Terror


Alguns Artefatos encontrados na fazenda de Gein:

geincs6

1. Braceletes, um tambor e um abajur feitos de pele humana;
2. Um crânio usado como tigela de sopa;
3. O corpo decapitado de Bernice, pendurado no quintal e cortado como em um abatedouro.
4. Quatro narizes num copo de cozinha;
5. Um par de lábios pendurados num fio;
6. Um coração humano no forno;
7. Um cinto feito de mamilos;
8. Partes de diversos orgãos humanos na geladeira, extraídos de aproximadamente quinze corpos diferentes;
9. Nove vulvas dentro de uma caixa de sapatos.

About these ads

8 Respostas

  1. realmente muito bom mesmo
    e esse cara eh realmente insano

    puta merda
    showwww!!!!!

  2. esse cara é do mau

  3. I s2 juses

  4. alguem sabe onde axa o filme dele que cobnta sobre a vida dele deve ser bom

  5. onde c encontra na locadora kkkkkkkk

  6. Simplismente o melhor, o mais inteligente de todos…O mais próximo que deus chegou a perfeição de um ser humano

  7. Nossa’, Qe hestóriia louca!!!

  8. Conheci ele! Na época tomamos até uma gelada juntos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: